Sistema de segurança PROFIBUS/PROFIsafe via wireless para controle de elevador em Montmartre, Paris

O sistema de intertravamento de emergência do elevador funicular em Montmartre, Paris, vem operando, sem nenhuma falha ou interrupção, desde 2006.

Projeto

Foi em 2006, quando a RATP (Régie Autonome des Transports Parisiens), operadora do elevador inclinado (funicular) para a Basílica de Sacre Coeur em Montmatre, Paris, decidiu modernizar o elevador.

O objetivo era implementar tecnologia de ponta em termos de Functional Safety, a fim de alcançar a máxima confiabilidade operacional possível, maior velocidade de translado e, portanto, maior capacidade de transporte, sem necessidade da presença um condutor dentro da cabine.

Até então, a capacidade operacional do elevador havia sido limitada devido ao sistema indutivo de transmissão de dados e à tecnologia de segurança desatualizada. O projeto incluiu a operação do elevador via comunicação wireless.

Solução

O novo conceito de controle foi baseado em um controlador Siemens S7-315 F na estação superior e módulos ET200 F (fail-safe) nas cabines móveis para monitorar componentes críticos (portas, por exemplo) e para comandar uma parada de emergência em caso de necessidade.

A comunicação wireless entre a cabine e a unidade de controle central foi realizada via PROFIBUS / PROFIsafe por meio de rádios Schildknecht DATAEAGLE 3712 que utilizam a tecnologia Bluetooth. Um rádio foi instalado em cada uma das cabines dos elevadores e outro na estação superior. A distância que separa a estação central da cabine do elevador chega a 200 metros em linha de visada.

Todos os componentes de automação possuem certificados SIL2/SIL3 para uso em sistemas de intertravamento de segurança. Mesmo naquela época, a ainda jovem tecnologia PROFIsafe via redes wireless já era usada com sucesso em algumas estações de esqui no controle de teleféricos. No entanto, em Montmartre, na animada metrópole Paris, o grande desafio são os milhares de pontos de acesso WLAN no entorno do elevador que geram muita interferência.

Graças à experiência adquirida em muitos projetos anteriores, a Schildknecht conseguiu mitigar de forma confiável essas fontes de interferência.

Conclusão

Foi uma decisão corajosa, mas muito bem-sucedida, da RATP: Após mais de doze anos de operação do elevador não ocorreu uma única falha de comunicação ou qualquer atuação espúria de parada de emergência pelo link de rádio via PROFIBUS / PROFIsafe.

É cada vez maior a importância da comunicação wireless no universo das aplicações atuais de IoT e IIoT. Neste contexto, é bom saber que a solução descrita acima é adequada também para a aplicações de automação industrial. Isto está comprovado por inúmeros exemplos de aplicações bem-sucedidas em todo o mundo de sistemas de comunicação de segurança PROFINET / PROFIBUS / PROFIsafe combinados com rádios DATAEAGLE e tecnologia de Bluetooth.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário