Quem se Importa com a Água?

Autor: Matthew Dulcey
Gerente de Vendas Globais da PROCENTEC na Holanda

Tradução: Paolo Capecchi
Diretor da Westcon Instrumentação Industrial Ltda


Sistemas antigos de tratamento de água ao redor do mundo criam desafios técnicos para que os sistemas de águas residuais permaneçam operando perfeitamente, a fim de atender uma população urbana crescente. De acordo com o relatório da ONU Habitat 2010, a população mundial pode chegar a mais de 9 bilhões em 2050, com 60% da população (6,4 bilhões) vivendo em áreas urbanas. Esta urbanização está forçando os limites e a confiabilidade do sistema global da água, com o agravante de orçamentos cada vez mais reduzidos para grandes projetos de infraestrutura.

Como se isso não bastasse, adicione as mudanças impostas por necessidades tecnológicas e uma tempestade perfeita estará criada.

Esta tempestade perfeita vem sendo combatida de cima para baixo e de baixo para cima por muitos profissionais e, nessa batalha, não menos importantes são os engenheiros projetistas de sistemas e o pessoal de manutenção. Empresas de engenharia buscam melhores soluções que possam ser implementadas dentro do limite do orçamento, procurando obter o maior retorno para o investimento. As equipes de manutenção estão focadas em aprender novas tecnologias, ao mesmo tempo em que precisam manter operando os sistemas existentes. Isto ocupa o seu tempo entre a manutenção preventiva e os reparos. Ambos os grupos estão buscando confiabilidade, qualidade e recursos adicionais para resolver estes desafios.

A minha visão para a indústria da água é que se possa continuar a prover suporte a tecnologias existentes, através de sistemas de fácil uso, cada vez mais conectados e capazes de resolver as questões de manutenção reativa. Melhor ainda, esse sistema deve ser inteligente o suficiente para indicar quando poderiam ocorrer potenciais problemas, tudo isso num pacote simples, pequeno, eficaz e acessível. Esta ideia pode ser implementada em instrumentos e dispositivos de campo já existentes ou em novos projetos, com ativos ainda por ser instalados. Tudo isso deve incluir uma interface fácil de usar e intuitiva para o usuário, sem os problemas relacionados a pacotes de software tradicionais.

Com o sistema conectado à Internet, possibilitando a manutenção e monitoramento remoto, o usuário não ficará se perguntando o que pode estar ocorrendo no sistema de automação, mas, ao contrário, poderá observar e prever o que vai ocorrer.

Os sistemas de tratamento de água nunca dormem. O pessoal de manutenção é quem precisa dormir. Esta visão traz equilíbrio à relação entre presença física em campo e monitoramento constante.

Um bom exemplo dessa visão pode ser encontrado em Rijnland na Holanda. A empresa de tratamento de águas de Rijnland usa oxigênio e bactérias para aeração natural, purificando a água não tratada. Este sistema é vital para manter o sistema em funcionamento, ou então haverá problemas causados pela demanda do sistema de águas residuais.

Em Rijnland, quando ocorre um problema, é essencial poder identificar rapidamente a sua causa. O pessoal de manutenção utiliza o ProfiTrace para diagnosticar os problemas e efetuar as ações corretivas (substituir um cabo corroído, por exemplo). Mas, e quanto aos problemas futuros? Como evitar novas paradas indesejadas dos sistemas de automação? Em Rijnland também estavam em busca de uma solução para a manutenção preventiva.

Utilizando os diagnósticos fornecidos pelo sistema ComBricks eles puderam diagnosticar a existência de interferência eletromagnética nas redes e providenciar a correção do problema e, consequentemente, impedir uma potencial falha do sistema. Este é apenas um aspecto do valor do sistema ComBricks Em Rijnland todas as instalações, atuais e futuras, terão ComBricks instalado monitorando as redes a fim de assegurar que os sistemas vitais continuem operando sem interrupções.

Na PROCENTEC nos concentramos apenas nessas soluções. PROFIBUS tem estado em nosso sangue por 17 anos e PROFINET será parte de nosso foco contínuo em inovação e avanço tecnológico. Nós acreditamos que é possível criar um sistema inteligente, integrado em um plano de manutenção abrangente, com foco em eliminar as barreiras que limitam o valor de sistemas de automação existentes.

Para a indústria da água, oferecemos soluções como o Link PROFIBUS DP/PA com diagnósticos integrados, que pode ser configurado para enviar notificações via e-mail sobre falhas e problemas, e que permite verificar remotamente o status do sistema e realizar diagnostico à distância, economizando tempo e dinheiro.

O ComBricks dispõe de portas para Fibra Óptica para conexões em distâncias mais longas, que são imunes a interferência eletromagnética ou a eventuais curtos-circuitos. As saídas repetidoras com isolação galvânica permitem que as equipes de manutenção realizem a substituição de instrumentos de campo ou caixas de junção sem precisar desligar todo o sistema. Todas as saídas são isoladas entre si. Para os casos mais críticos, o sistema ComBricks pode ter arquitetura redundante a fim de assegurar a continuidade operacional.

A PROCENTEC está focada em redes industriais, com uma história de qualidade, conhecimento e inovação.

Através de soluções para diagnósticos “plug & play” que são referência para a indústria, dia após dia, a PROCENTEC mantém redes industriais em operação. Segmentos industriais como água, siderurgia, mineração, petróleo e gás, metalurgia, alimentos e bebidas, química e petroquímica, farmacêutica, dentre outros, encontram, cada vez mais, em nossos produtos, as soluções procuravam.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário